• Passo Fundo - RS

    (54) 3314 8983

  • Campo Mourão - PR

    (44) 3529 1363

  • Rondonópolis - MT

    (66) 3421 9908

Notícias

Dados de pesquisa contribuem para lucratividade do produtor tritícola

Ensaios

Dados de pesquisa contribuem para lucratividade do produtor tritícola

A escolha da cultivar a ser semeada é uma das decisões mais importantes a serem tomadas pelo agricultor, podendo definir o sucesso ou o fracasso de uma lavoura. Ciente disso, a Fundação Pró-Sementes em parceria com o Sistema Farsul realiza, desde 2008, Ensaios de Cultivares em Rede (ECR) de trigo.

A cada safra testa-se um grupo de 30 a 35 cultivares, as quais são elencadas levando-se em consideração a indicação junto ao Zoneamento agrícola, representatividade comercial e campos homologados junto ao Ministério da Agricultura.

Os ensaios são conduzidos em duas épocas de semeadura abrangendo os municípios de Passo fundo, Vacaria, Cruz Alta, Santo Augusto, São Luiz Gonzaga, Cachoeira do Sul e São Gabriel, escolhidos levando-se em consideração características como: índices pluviométricos, altitude, temperatura, solo e regionalização buscando obter uma boa cobertura com resultados.

Os experimentos são implantados e conduzidos de maneira uniforme em todos os locais selecionados, oferecendo ao produtor rural e à assistência técnica informações idôneas das cultivares, sendo apresentados dados como ciclo em dias, rendimento em kg/ha e em sacos/ha, além de pH e percentual de rendimento de cada cultivar sobre a média da região.

Segundo a pesquisadora responsável pela unidade de Pesquisa da Fundação Pró-Sementes, Kassiana Kehl, o principal objetivo do trabalho é orientar o produtor sobre o desempenho das cultivares na sua região, a fim de que obtenha maior liquidez na sua produção.

 A pesquisadora ainda ressalta que: “O ideal, por exemplo, seria o produtor identificar o grupo das cinco cultivares mais produtivas na sua região, mas também observar a demanda do mercado pelos tipos de farinha e nível tecnológico exigido para que cada cultivar desempenhe seu melhor resultado”. 

Com base nos rendimentos alcançados na última safra de inverno, tendo como exemplo a cultivar mais produtiva e a cultivar menos produtiva no grupo de cultivares de ciclo precoce em Cachoeira do Sul na primeira época de semeadura, encontra-se uma diferença de 47 sacos, o que representa um ganho de R$ 1.337 por hectare. Esse é o principal objetivo deste trabalho ressalta Kassiana, “O produtor apenas em optar por cultivar “X” ou “y” pode ganhar, ou estar deixando de ganhar em torno de R$ 1.400,00/ha”.

Os resultados de todos os Ensaios de Cultivares em Rede estão disponíveis para consulta gratuita no site www.fundacaoprosementes.com.br. Além disso, a Farsul distribui aos Sindicatos Rurais a publicação impressa dos resultados a cada safra.

Palavras-chave:

Ensaio, campo

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

© 2013 Fundacao Pro-Sementes . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas